Posts Tagged 'filmes'

Quando eu tinha 13 anos, meu cabelo era igual ao do Garbo, SEGURA ESSA.

Levando em conta que meu último post aqui foi dia 28 de Julho, acho válido um resumo breve das coisas relevantes que habitam minha cabeça nos últimos tempos. Vou escrever em tópicos, porque tópicos são legais.

1. All Time Low no Brasil

Sei que o show é só daqui a 1 mês e 13 dias, mas desde que eu comprei meu ingresso fico sonhando com 19 de Janeiro o tempo inteiro. Gosto de criar diálogos imaginários que eu poderia ter se eu tivesse a chance de conversar com os caras. Sei que nada disso vai rolar. Falar com eles seria quase impossível! E acho que mesmo se eu conseguisse isso um dia, eu ficaria calado, olhando pra barriga do Zack pros caras, sem saber o que dizer. Mais ou menos do jeitinho que eu fiquei quando eu tinha 7 anos e conheci a Eliana, rs.

2. Jonas Brothers no Brasil

Eles já estão entre nós. O show dos Jonas em São Paulo acabou de acabar. Não vou ao show no Rio amanhã porque os ingressos estavam caros pra cacete! Claro que bateu aquela depressãozinha, mas passou rápido dessa vez. Pra falar a verdade, fiquei até feliz quando a @aniielle me ligou do show na hora em que eles começaram a cantar World War III. Eu consegui escutar tudo direitinho (apesar da gritaria) e era como se o Nick estivesse falando “OLHA, A GENTE TEM QUE SE ACALMAR, PORQUE EU NÃO QUERO BRIGAR COM VOCÊ, NENÉM” para mim.

Garbo, corta esse cabelo VLW

Mais fotos dos Jonas no Brasil, AQUI.

3. Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I

Comprei hoje meu ingresso pra pré-estreia das Relíquias da Morte na madrugada do dia 18 pro dia 19. O grande evento vai ser à meia-noite, e o shopping vai estar cheio de gente esquisita tentando fazer cosplay dos personagens e tudo mais. Na última pré-estreia de HP que eu fui, tinha um cara vestido de Harry, com um VIOLINO na fila do cinema, tocando a trilha sonora do filme e tal. Acho meio freaky, mas respeito as diferenças! Tô cheio de expectativas pro filme, então acho que vale a pena socializar com os esquisitinhos.

Sem mais por enquanto. QUE VIDÃO.

Anúncios

Rotina, Alice e marrecos

Hoje é feriado, irra. Está meio abafado lá fora, e eu ainda não tive coragem de deixar o Sol entrar no meu quarto. Hoje é um daqueles dias perfeitos pra gente fazer porranenhuma. E, bem, essa é a programação.

Tô com saudades de escrever coisas grandes a respeito de qualquer coisa. Mas as coisas andam meio complicadas. Não quero ser dramático nem nada, mas A FACULDADE ESTÁ ME MATANDO. Nas últimas duas semanas eu estudei feito um louco (o que, de certa forma, valeu a pena, já que eu gabaritei a prova de Teorias II). Então, eu acabo ficando sem tempo para escrever. É claro que eu tenho meus textos salvos em blocos de notas e espalhados em pastas aleatórias no computador. Mas eles não são textos BONS. São só textos. Quando você vai postar alguma coisa na internet, você precisa reler, revisar e ver se suas ideias estão claras. E é pra essa “revisão” que eu não tenho paciência tempo.

Acho que a minha vida anda meio paradona. É biologicamente impossível morrer de tédio, caso contrário eu já estaria morto. E gelado.

Na próxima sexta eu vou assistir Alice in Wonderland com o pessoal. Meu ingresso já está comprado há meses -n e a expectativa tá me matando. Quero dizer, já vi uns 67346374987 trailers diferentes, e depois do clipe da Avril Lavigne, eu fiquei com a impressão de que já assisti o fulme inteiro.

Vou assistir em 3D, e filmes em 3D me deixam empolgadinho. Me sinto meio caipira falando assim, mas PORRA! AQUELES ÓCULOS SÃO MUITO INCRÍVEIS. —

Agora vamos fazer um joguinho.Olhe para o banner do blog, e você vai encontrar 4 caras. O 3º da esquerda pra direita, que tá dando o dedo e tem cabelo ruim. Tá vendo ele? POIS É! HOJE ELE ESTÁ FAZENDO 22 ANINHUUS n.

Se o Zack tivesse orkut, eu mandaria pra ele um super depoimento de aniversário ASSIM:

ƒαℓαê ʑαcαriαs вrστнєr! нנ єн υм ∂iα мτσ єsρєciαℓ, кrα. єทτãσ кєrσ ∂iʑєr q vc єн υм cαrα ƒσ∂ααααн. gєrαℓ cυrτє sєυ sσм є σ sєυ вαixσ rσsα. cσทτiทυє sємρrє sєท∂σ єssє ℓєкє rєsρσทsávєℓ, ρєgα∂σr, xxτєrσ єτc.
єн ทσis q vσα, мαrrєcσ!

Mas como isso não vai ser possível, vou deixar aqui uma humilde homenagem que o Zack nunca vai ver.

Argh, é isso.

Definitivamente, talvez.

Hoje assisti 3 Vezes Amor (Definitely, Maybe) pela zilhonésima vez. Porém, pela primeira vez com a minha mãe.

Não gosto muito de assistir filmes com a minha mãe, levando em conta que em 15 minutos de filme ela já está dormindo. Mas hoje ela se superou. Dormiu só depois de meia hora, então a acordei, ela se sentou na cama, e ela permaneceu acordada até o final.

Eu poderia muito bem deixá-la dormir e ser um filho bonzinho. Pausar o filme, expulsá-la do meu quarto e procurar cenas do filme pra postar no Tumblr. Mas ela dormiu na MELHOR PARTE DO FILME, e eu não podia deixar que minha mãe perdesse aquilo. É genial demais. E, bem, pra quem nunca viu o filme,  eu explico rapidinho:

Will vai pedir a mão de Emily em casamento no dia seguinte, mas ele não sabe direito o que dizer, então, ele ensaia o discurso com a Aprilno terraço de uma festa, e diz o seguinte:

E se a gente traduzir isso, vai ficar mais ou menos assim (adaptei algumas partes para ficar mais bonito em português, rs):

Quero me casar com você porque você é a primeira pessoa que eu quero ver quando acordar de manhã, e a única na qual eu quero dar um beijo de boa noite. porque a primeira vez que eu vi essas mãos, eu não consegui mais soltá-las. Mas quando você ama alguém o tanto quanto eu te amo, se casar é a única coisa a se fazer. Então… quer se casar comigo?

Continue lendo ‘Definitivamente, talvez.’

Borboletas sempre voltam, rs.

Ontem passou Efeito Borboleta na Globo, e como foi logo depois do BBB, eu acabei assistindo. Gosto muito desse filme, e não acredito que passei tanto tempo da minha vida sem ele.

A primeira vez que vi Efeito Borboleta foi em 2008, quando um pessoal comentou do filme no curso técnico, e eu disse que nunca tinha visto. Daí todo mundo ficou tipo, COMO ASSIM? Porque Efeito Borboleta é o Titanic do drama (???). Todo mundo já viu. E hoje, quando vi mais uma vez, fiquei pensando por um tempo:

E SE A GENTE FOSSE CAPAZ DE VOLTAR NO TEMPO PARA TENTAR CONSERTAR NOSSOS ERROS?

Será que assim seria melhor? Tipo, errar, voltar e tentar. E errar de novo, e voltar, e tentar mais uma vez. Como se a vida tivesse um Ctrl+Z.

Continue lendo ‘Borboletas sempre voltam, rs.’


Heartbreaker

Vitor Martins, 20, Rio de Janeiro

Gosto de All Time Low, pizza, filmes de final previsível e acho que Cory Monteith é uma das melhores coisas que já inventaram nos últimos tempos. Odeio gente comprometidona, e celebridades escrotas, tipo Taylor Momsen.

Arquivo

Status?

  • 98,951 visitas