Posts Tagged 'erros'

Maldita listinha!

Faltam 2 dias para o ano acabar, e eu resolvi fazer minha retrospectiva mental do ano que passou.

rs

Ao contrário do ano passado, eu não vou fazer um post gigante, com memórias, agradecimentos e frases prontas. Pra ser bem sincero, 2010 foi um ano meio filho da puta pra mim. perdi muita coisa, me distanciei de muita gente, errei pra caramba!

Tive um ano daqueles que vai ser lembrado mais pelas tragédias do que pelas alegrias. E quando se trata de tragédia, eu gosto de exagerar. Preciso parar com isso. Esse drama todo.

Acho que “parar de drama” deve estar em primeiro lugar na minha lista de resoluções pro ano novo. Sinceramente, Não sei por que eu AINDA faço essas listas. Não consigo perseverar nas metas por mais de dois meses. Na verdade, perseverança não é muito meu forte. Na lista do ano passado por exemplo, eu listei 20 metas, e depois mais umas duas quando eu quase morri afogado (que eram alguma coisa do tipo “aprender a nadar” e “nunca mais nadar em mar aberto”).

Continue lendo ‘Maldita listinha!’

Anúncios

Problemas grandes e pequenos

Estou passando por umas complicações aqui em casa. Coisas que eu não compartilho com quase ninguém, mas que no fundo, no fundo me deixam muito triste. Dessa vez, o problema não é comigo, mas acho que quando o problema é na família, ele acaba envolvendo todo mundo.

Daí chega a hora da responsabilidade. A hora de dar suporte para quem precisa. E às vezes eu me sinto tão fraco para isso.

Não sei se algum de vocês já passou por uma situação parecida, mas aprendi que segurar os problemas dos outros é bem mais difícil do que segurar os nossos. Quando somos responsáveis apenas por nós, podemos desistir de uma hora pra outra, jogar tudo pro alto e sentar para descansar. Mas quando estamos apoiando quem mais precisa, não existe essa possibilidade. Temos que ser fortes o tempo inteiro, segurar a barra o tempo inteiro, e não deixar de sorrir.

E isso é tão difícil!

Vitor Martins não é um herói.

Os planos mudam e as pessoas também

Na verdade, as pessoas mudam mais do que os planos. Sim, as pessoas mudam. E como mudam!

Borboletas sempre voltam, rs.

Ontem passou Efeito Borboleta na Globo, e como foi logo depois do BBB, eu acabei assistindo. Gosto muito desse filme, e não acredito que passei tanto tempo da minha vida sem ele.

A primeira vez que vi Efeito Borboleta foi em 2008, quando um pessoal comentou do filme no curso técnico, e eu disse que nunca tinha visto. Daí todo mundo ficou tipo, COMO ASSIM? Porque Efeito Borboleta é o Titanic do drama (???). Todo mundo já viu. E hoje, quando vi mais uma vez, fiquei pensando por um tempo:

E SE A GENTE FOSSE CAPAZ DE VOLTAR NO TEMPO PARA TENTAR CONSERTAR NOSSOS ERROS?

Será que assim seria melhor? Tipo, errar, voltar e tentar. E errar de novo, e voltar, e tentar mais uma vez. Como se a vida tivesse um Ctrl+Z.

Continue lendo ‘Borboletas sempre voltam, rs.’

Jai Ho

Eu não fazia ideia do que começaria a digitar quando abri meu dashboard do wordpress e cliquei em “Novo Post”. Então li o blog do Luc, e mais uma vez comecei a pensar.

Ando meio confuso nos últimos dias. Não sei o que pensar. Não sei o que eu quero. Não sei qual é o próximo passo a tomar.
Existem pessoas que não são dependentes de um relacionamento estável. Pessoas que não ligam para namorar, e serem amadas, e escreverem cartas e estarem apaixonadas.

Eu não sou esse tipo de pessoa ._.

Escrevi um texto gigante aqui, mas não vou ter coragem de postar tudo. Não quero forçar a barra. Então, colei o texto todo em um bloco de notas, e salvei na pasta onde guardo suas fotos. Mas o final, eu copiei, e colei aqui, porque se um dia você ler, vai saber que eu ainda te amo.

Continue lendo ‘Jai Ho’

Errando e apagando

Quando postei meu texto de ontem, mostrei imediatamente para a Priscila (@prihovernek), por dois motivos:

  1. Achei que talvez meu texto seria útil para ela naquele momento.
  2. A opinião dela sobre as coisas que eu escrevo sempre foi muito importante pra mim.

Não sei se o texto serviu de fato para ajudá-la de algum jeito, mas ela me ajudou mais uma vez. Ela leu e me disse alguma coisa do tipo: Olha Vits, acho que você deveria controlar mais sua ansiedade, e revisar seus textos antes de sair postando. Como fica com pressa de postar logo, os posts ficam cheios de erros de digitação.

E, bem, eu tive que concordar ¬¬

Mas é que para mim é mais fácil quando alguém encontra algum erro e me avisa. Então, eu vou no botão EDITAR, arrumo o erro e fica tudo bem. E depois disso, eu fiquei pensando: Nossa vida não vem com um botão EDITAR, pfff. E quando erramos, existem apenas duas maneiras de corrigir o erro.

Continue lendo ‘Errando e apagando’


Heartbreaker

Vitor Martins, 20, Rio de Janeiro

Gosto de All Time Low, pizza, filmes de final previsível e acho que Cory Monteith é uma das melhores coisas que já inventaram nos últimos tempos. Odeio gente comprometidona, e celebridades escrotas, tipo Taylor Momsen.

Arquivo

Status?

  • 98,884 visitas